Menu

Blog

 26jun 

Obras iniciadas: empreendimento de Barra Velha promete movimentar economia local

 

A Rôgga Empreendimentos, construtora e incorporadora atuante em Santa Catarina, iniciou as obras do residencial Vila Açoriana Comfort Club – Vila 1. Situado no coração de Barra Velha, em um dos mais atrativos pontos do litoral Norte do Estado – entre as praias do Tabuleiro e Itajuba –, o Vila Açoriana se encontra em uma área de mais de 30 mil m², com 250 metros de frente para o mar. Em junho, houve a colocação de tapumes, realização de terraplanagem e execução de fundação da hélice contínua. A previsão para conclusão de obras do Vila 1 é para 2020. Com um Valor Geral de Vendas (VGV) estimado em mais de R$ 150 milhões, o residencial é financiado pela Caixa Econômica Federal (CEF).

O Vila Açoriana Comfort Club contempla 216 apartamentos no Vila 1, distribuídos em três torres em uma disposição de terreno aproximadamente a 10 mil m². O condomínio dispõe de um open mall, com 23 salas comerciais que, além de proporcionar comodidade e conforto aos futuros moradores, são planejadas para empresários locais e investidores que possuem rede de franquias de lojas de conveniência.

As obras prevêem, além da mão de obra própria da construtora, a geração de cerca de 200 empregos diretos durante um período de 48 meses. “A região precisa fortalecer ainda mais infraestrutura para atender a demanda de moradores, tanto do condomínio quanto dos vizinhos. Com o open mall do residencial, haverá maior comodidade, valorizando ainda mais a região”, ressalta Aline Ev, diretora comercial. Entre as demais vantagens para a cidade, estão a movimentação do comércio, serviço local e mercado imobiliário futuro, com a circulação de novas famílias; e, ainda, a geração de faturamento e imposto anual das lojas. “A população da cidade é de mais de 27 mil habitantes. Na alta temporada, no verão, este número aumenta para 100 mil.”

A construtora pretende implantar uma Estação de Tratamento de Efluentes Sanitários (ETE) no empreendimento, e ainda instalar de um sistema de drenagem, que também beneficiará os moradores do entorno. Além disso, o residencial é construído através do sistema Rôgga Edifícios Sustentáveis, que objetiva desenvolver empreendimentos projetados com soluções de sustentabilidade, gerando mais qualidade, mais competitividade e mais eficiência ambiental. O sistema RES resulta em até 80% de diminuição dos resíduos gerados durante a construção dos empreendimentos, entre outros benefícios.

Comentários (0)

Os comentários estão fechados.