Menu
http://www.mercadodecomunicacao.com.br/wp-content/uploads/2012/09/Montagem-pequena-com-fundo.jpg

A gente é

Nossa agência atua no suporte a organizações de diferentes perfis – de ONGs a empresas – que buscam interagir melhor com seus públicos por meio de uma comunicação mais transparente e, por isso, mais eficaz, com ênfase na produção de conteúdos especializados, de natureza jornalística e institucional

A Mercado de Comunicação investe seu expertise na busca do aperfeiçoamento do processo de comunicação, consolidando a comunicação como área estratégica. Oferece, também, soluções pontuais para cases específicos, sempre que haja uma demanda nesta configuração.

Na esteira de seus mais de 20 anos de atuação, figuram clientes como Hospital Dona Helena, Whirlpool, Ciser, Víqua, Döhler, Embraco e Cadeia de Hotéis Associados (CHA).


Topo

A História

A Mercado de Comunicação nasceu em agosto de 1996, fundada por Guilherme Diefenthaeler e Ana Ribas Diefenthaeler. Os dois integraram a primeira equipe de jornalistas dedicados exclusivamente à comunicação corporativa atuante no Norte de Santa Catarina, nos tempos da pioneira agência Matriz de Comunicação, que abriu caminhos para a profissionalização da área em Joinville e região. Depois de atender a importantes clientes, em serviços de assessoria de imprensa e publicações empresariais, decidiram alçar novos voos com sua própria agência.

http://www.mercadodecomunicacao.com.br/wp-content/uploads/2012/09/img-a-historia.jpg

Topo

Nosso Time

Gestores >

Fechar
Ana Ribas Diefenthaeler

De riso fácil, contagia à distância toda a equipe. Observa tudo que vê, e vê tudo que observa. Veia de cronista é assim. Claro, juntando isso ao fato de ser jornalista, nem se fala. No peito, o coração bate pelo tricolor gaúcho, ”imortal” para os gremistas. Ana vibra, assiste, grita gol ou engole a derrota sem perder as esperanças. Mas a principal característica que a faz alguém com um astral diferenciado é o bom humor. Revela um lado doce e compreensivo, na medida certa. Assim como Cazuza já disse uma vez, “prefere Toddy ao tédio”, ou melhor, dizendo, um bom chimarrão no lugar do achocolatado. (Thiago)

Fechar
Guilherme Diefenthaeler

Formado pela PUC-RS e ex-professor de Jornalismo Empresarial do Bom Jesus/IELUSC, Guilherme Diefenthaeler é um profissional bastante dedicado e sério, nas rotinas de trabalho. Mas, como todo bom gaúcho, adora um churrasco com a família e amigos, é apreciador de cinema, de boa música (estuda violão), de séries como Os Simpsons e a Grande Família. No meio da correria diária, fica feliz com um almoço com as filhas e netos no meio da semana e costuma terminar o dia com uma pedalada pela cidade com Bart e Homer, seus labradores. (Domi)


Colaboradores >

Fechar
Karoline Lopes

Costumo dizer que Karoline Lopes, que odeia ser chamada de Karoline e prefere o apelido de Karol, é uma espécie de Google do cinema. Na primeira vez que mencionei um filme perto dela, a moça, que tem uma tara por mudar o visual do cabelo – agora está curto e liso, amanhã, não se sabe –, conseguiu me oferecer toda a ficha técnica do longa-metragem. Organizada, sistemática, ágil e docemente ácida quando lhe convém, Lopes é uma daquelas pessoas excêntricas que dificilmente você encontrará em meio a uma multidão. Ela prefere o conforto do lar, temporadas e mais temporadas de seriados e investir seu dinheiro em livros. Ouve Jorge Ben Jor, lê Marquéz e prefere Paul Giamatti a Brad Pitt. Um defeito? Não gosta de café. (Marcela)

Fechar
Marcela Güther

As mais diferentes melodias ecoam dos fones de ouvido da jornalista Marcela Güther quando ela está trabalhando. As playlists que servem como trilha sonora para a construção de seus textos vão do rock à música latina. Natural de Rio Claro, no interior de São Paulo, considera-se joinvilense de coração. Gosta de literatura e tem sempre mais de um livro em sua cabeceira. Exercita o texto opinativo e críticas literárias como colaboradora do site Homus Literatus. Com sua simpatia e jeito delicado, cativa as pessoas com as quais convive. (Mayara)

Fechar
Zenita Carvalho

Zenita Constância de Souza Carvalho é daquelas criaturinhas de Deus. Tem uma fé inabalável e contagia a gente com sua crença perene de que alguém lá em cima olha por nós. Isso nos traz uma linda sensação de equilíbrio e harmonia. É ela, portanto, quem mantém nosso ambiente saudável – literal e metaforicamente –, presente na casa todas as quintas-feiras, sem falta. Mãe de dois guris, José Paulo, de 19, e Edson Gabriel, de 17, ainda não é avó – até onde sabe -, mas confessa que adoraria sê-lo. “Passeadeira” como ela própria se define, não deixa de ir à casa de praia, na Barra do Itapocu, um final de semana sequer. “É lá que a gente recupera as energias”, diz a esposa de Edson Luiz Carvalho há 20 anos, que adora cozinhar e tem mãos de ouro para isso. Vez em quando, nos agracia com seus pratos especiais, em dias de confraternização da equipe. Zenita é mesmo uma pessoa especial e iluminada. (Ana)



Topo