Menu

Blog

Arquivo da Categoria  Notícias

19nov

Automatize: cooperatividade e tecnologia norteiam evento em Joinville (SC)

A Sensus, consolidada no mercado por oferecer soluções para gestão empresarial, promove a primeira edição do Automatize, evento gratuito que ocorre no dia 19 de novembro, a partir das 14h, no Ágora Tech Park (Rua Dona Francisca, 8300, Zona Industrial Norte). O objetivo é unir instituições, pessoas e negócios para colocar em prática um novo conceito no setor: o da cooperatividade. O público-alvo são empresas de base tecnológica para automação e as que desejam aperfeiçoar seus processos.

Segundo Leonardo Orth, diretor comercial da Sensus, a ideia é evidenciar que a simbiose entre players (de tecnologia, equipamentos, software, negócios e automação) está trazendo cada vez mais resultados (como a otimização de tempo e de processos industriais), culminando em mais produtividade e lucratividade em um ecossistema cooperativo. No período matutino, ocorrerá um encontro  fechado com os participantes do movimento cooperativo da Sensus. À tarde, os temas serão compartilhados aos convidados e à comunidade.

O tema “Criatividade nunca será automatizada” norteará a palestra de abertura, ministrada por Eduardo Borba. Autor dos livros “Inovação Natural”, “Empreinovador” e “Homo Sensus”, Borba montou a primeira empresa aos 20 anos. Viveu a cultura do Vale do Silício e retornou transformando empresas e construindo novos conceitos de negócio. É fundador do Instituto MOBI, que cria e fomenta o empreendedorismo do século 21, sendo detentor da tecnologia da “causa”, que é o conceito base de negócios inovadores como a Heroyz (marca dos Bombeiros Voluntários de Joinville), além de atuar como conselheiro de empresas, com educação empreinovadora, mentoria e investimento anjo.

Outro convidado em destaque é Beny Fard, CEO  e fundador da Spin, aceleradora que integra startups, organizações e investidores. Também é head de operações da SRI International, um centro de pesquisa independente, sem fins lucrativos, que atende governo e indústrias. O palestrante abordará o tema “Inovação: as verdades que não contam”. Na programação ainda constam as apresentações de dois cases, das empresas Guararapes Painéis (“Organizando a casa: o inviável se tornando possível”) e Malwee Malhas (“Assertividade operacional como diferencial competitivo”), com painéis de perguntas. Para finalizar a tarde, o stand up comedy de Danilo Radke que, além de comediante, é escritor e redator publicitário.

O evento propõe aliar bom conteúdo a profissionais experientes. “É um evento que vai gerar muito networking, debate e ótimas oportunidades para usar a tecnologia a favor de melhorias operacionais, liberando mais tempo para as pessoas e empresas”, assegura Leonardo. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas via Sympla.

De competição para cooperação

Depois de quase uma década no mercado, a Sensus sentiu a necessidade de se adaptar à nova economia, fugindo das fórmulas tradicionais. Em fevereiro, iniciou um processo de mudança radical, transformando-se gradativamente: migrou de empresa para “causa”, um conceito criado pelo Eduardo Borba para designar e construir organizações que são mais atrativas e desejadas para os stakeholders e façam mais sentido para a sociedade. “Em poucos meses, os resultados são nítidos. Nesse processo evolucionário estão acontecendo diversos e inovadores desdobramentos, sendo um dos principais a cooperatividade”, evidencia o diretor comercial Leonardo Orth.

O conceito da nova Sensus é centrado no tempo. Por isso, a marca e toda comunicação foram reestruturadas para representar o novo ciclo: o símbolo passou a ser uma ampulheta estilizada remetendo ao ícone do infinito. “Como o conceito central da nova Sensus é valorizar o tempo do ser humano, automatizando ao máximo atividades que barrem a fluidez do potencial humano dentro das organizações, tomamos uma decisão ousada de ir na contramão do mercado de deixar a competição para abraçar a cooperação mercadológica”, detalha. “Acreditamos que o ser humano e as organizações têm um potencial inimaginável se dispuserem de mais tempo para a criatividade e inovação. Acreditamos que tudo isso é possível por meio da tecnologia.”

Da migração, surgiu o movimento “Cooperatividade”. “Estamos reunindo empresas de tecnologia de automação que têm soluções somatórias e complementares para se fortalecer, atendendo ao mercado nacional de forma mais completa, produtiva e assertiva”, explica. “Assim, estamos construindo um player cooperativo, uma grande plataforma de soluções de tecnologia para automatizar o máximo as empresas, deslocando o tempo humano para funções que tenham mais valor”, conclui. O primeiro manifesto desse movimento cooperativo puxado pela Sensus é o evento Automatize. Com a nova aposta, a empresa projeta finalizar o ano com aumentos de clientes (40%) e de faturamento (25%) substanciais em relação ao ano anterior.

 

Programação completa do Automatize

 

• 13h – Credenciamento

• 13h30 – Abertura do evento – Cooperatividade

• 14h – Palestra de abertura “Criatividade nunca será automatizada”, com Eduardo Borba

• 15h – “Organizando a casa: o inviável se tornando possível” – Case Guararapes Painéis SA + Painel de perguntas

• 16h – Coffee + networking

• 16h15 – “Assertividade operacional como diferencial competitivo” – Case Malwee Malhas Ltda + Painel de perguntas

• 17h15 – Palestra “Inovação: as verdades que não contam”, com Beny Fard, da Spin Aceleradora

• 18h – Agradecimento e chamada para o próximo evento

• 18h10 às 19h30 – Stand up comedy com Danilo Radke + happy hour

19nov

Em pauta, a mulher, a ética, a inteligência artificial

A sexta-feira, 29 de novembro, vai ser de reflexões e debates em bioética, em Joinville. A 19ª edição do Simpósio Catarinense de Bioética, promovido pelo Hospital Dona Helena, coloca na mesa temas importantes para profissionais da área da saúde e público em geral, interessado em discutir as grandes questões da atualidade. Com a participação de mulheres de destaque como a professora e procuradora paulistana Lívia Zago, que profere a conferência sobre “A Ética e a Mulher”, da reitora da Univille Sandra Furlan, da professora e bioeticista Mirelle Finkler e da delegada de polícia Tânia Harada, que abordam a sociedade e as lideranças femininas, a parte da manhã será toda dedicada às questões femininas.

À tarde, a programação promove reflexões sobre inteligência artificial e inteligência natural – e sua importância para a área da saúde. As conferências e debates têm as presenças de Reinaldo Nogueira, coordenador dos times de análise de dados, segurança e prevenção de dados do banco BTG Pactual, Alexandre Del Rey, sócio fundador da 12AI – International Association of Artificial Intelligence, e Danilo Conti, Secretário de Planejamento Urbano e Desenvolvimento Sustentável de Joinville e bacharel em Desenvolvimento de Sistemas para Internet.

Confira a íntegra da programação do evento, que se realiza no Hotel Bourbon:

8h às 9h – Inscrições

9h – Abertura Oficial

9h30 às 10h30 – Conferência “A Ética e a Mulher”, professora Lívia Zago

10h30 – Intervalo

10h50 às 12h30 – Painel “A Sociedade e as lideranças femininas”
- Professora Sandra Furlan
- Bioeticista Mirelle Finkler
- Delegada de Polícia Tania Harada

14h às 14h20 – apresentação do Coral Maria Carola Keller

14h20 às 17h20 –Minicurso Inteligência Artificial x Inteligência Natural

- O que é Inteligência Artificial – Reinaldo Nogueira
- Inteligência Artificial na área da saúde – Alexandre Del Rey
- Uma visão de futuro da Inteligência Artificial – Danilo Conti

17h20 – Encerramento

18out

No Dia Mundial do Coração, cardiologista alerta para os perigos da hipertensão

Em torno de 17,5 milhões de pessoas morrem anualmente vítimas de doenças cardiovasculares, que é a principal causa de morte no planeta, segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS). Com o objetivo de trazer atenção para a doença e promover medidas preventivas, a Federação Mundial do Coração (WHF) criou, em 2000, o Dia Mundial do Coração (WHD), celebrado no dia 29 de setembro. “Hipertensão arterial é a doença cardiovascular mais prevalente”, alerta o cardiologista Nelson Collares, do Hospital Dona Helena. Trata-se de uma doença crônica e responsável por 80% dos casos de AVC, mas também se mostra um agravante em quadros de enfarte, aneurisma arterial ou mesmo insuficiência renal. Sintomas como tontura, falta de ar, dor de cabeça, visão embaçada ou sangramento nasal podem ser indicadores de pressão arterial elevada, embora os sintomas costumem demorar para aparecer. No Brasil, em torno de 25% da população é diagnosticada com hipertensão, de acordo com dados colhidos pela Vigitel, que é o Sistema de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico.

Sobre o grupo em que as doenças cardiovasculares, como a hipertensão, são mais comuns, Nelson Collares explica que a prevalência se dá no paciente idoso. Sob a mesma estatística da Vigitel, considera-se que, desses 25%, cerca de 85% dos hipertensos começam a manifestar a doença entre 45 e 60 anos”. Existem outros fatores que atuam no desenvolvimento da pressão arterial, como explica o médico: “Os hábitos também são relevantes não só para a precocidade da doença, como também a gravidade. Alguns fatores são bem identificáveis: obesidade, tabagismo, ansiedade, alto consumo de sal e álcool, e aspectos genéticos ou raciais”.

Acerca das principais causas de hipertensão, o cardiologista diz que “indiscutivelmente não só no Brasil (principalmente na Região Sul), mas também nas populações do primeiro mundo, particularmente os EUA, a obesidade tem sido apontada como principal vilão, ao ponto de algumas seguradoras já fazerem discriminação nos seus sinistros de acordo com a superfície corpórea do indivíduo”. O problema da hipertensão tem se alastrado, com índices mundiais sinalizando um aumento dessa condição. O cardiologista, entretanto, explica: “As doenças cardiovasculares têm aumentado, muito em decorrência do aumento de sobrevida da nossa população de idosos”, pondera, sinalizando que as medidas de combate a esse tipo de doença estão cada vez mais eficientes, mas o perigo de apresentar uma doença cardiovascular é cada vez maior conforme o ser humano envelhece.

16set

Pianos por toda parte

Durante o Pianístico 2019, evento que vai movimentar Joinville, de 19 a 22 de setembro, várias apresentações em locais alternativos estão programadas. Livrarias, lojas, bares, restaurantes e cafés disponibilizam a seus públicos apresentações de piano de diversos estilos e técnicas, mostrando aos joinvilenses e visitantes o melhor da chamada “prata da casa”.

As apresentações começam já na véspera, dia 18, com shows nos restaurantes Santa Mistura e Smania, na loja Enxovais D´Ouro e Padaria da Vila. O músico Edilson Graciano Forte, o Tatu, abre a programação do restaurante Smania, às 11h30. Às 12h15, na Padaria da Vila, acontece a apresentação da pianista Hilda Natume. Às 16h, Jadeson Luis Vieira inicia sua participação no evento, tocando na loja Enxovais D´Ouro. À noite, o músico se apresenta no restaurante Santa Mistura, às 20h30.

Durante todo o evento, também os pianistas Sarah Bahr Pessôa, Fábio Oliveira, Jackson Araújo, Jéssica Ladorucki, Claudia Uliano Ferreira, Felipe Krelling, Jean Carlos Sabotovicz, Nilza Merlim Backes e Genesis Duarte de Oliveira Silva se revezam nas apresentações, em locais diversos como a Livraria o Sebo, café L´Artiste (Doce Beijo), Padaria da Vila, restaurantes Casa do Capitão, Giuseppe, Santa Mistura e Smania.

“Ter o Pianístico na Casa do Capitão será realmente um presente para todos nós”, diz o empresário José Lopes, proprietário do restaurante. Ele lembra que sua trajetória à frente de dois empreendimentos – ele é dono também do bar Capitão Space – sempre foi marcada pelo apoio e engajamento em arte e cultura. “Sabemos que nem todos poderão participar das apresentações no teatro. Então, para aqueles que, na correria do dia a dia, não conseguiram colocar o Pianístico em suas agendas, aqui há a chance de desfrutar deste lindo momento, na hora do almoço. Fazer parte do Pianístico nos enche de orgulho.”

Confira a programação completa:

Quarta, 18
- Smania Restaurante (Rua dos Ginásticos, 96), 11h30 às 13h30, com Edilson Forte
- Padaria da Vila II (Rua Alexandre Döhler, 56), 12h15 às 13h15, com Hilda Natume; 17h30 às 18h30, com Fábio Oliveira
- Enxovais D´Oro (Rua 15 de Novembro, 1148), 16h às 18h, com Jadeson Luis Vieira
- Restaurante Santa Mistura (Rua Otto Boehm, 648), 20h30 às 21h30, com Jadeson Luis Vieira

Quinta, 19
- Doce Beijo Café L´Artiste (Instituto Juarez Machado, Rua Lages, 994), 12h às 14h, com Edilson Forte
- Santa Mistura, 12h30 às 13h30, com Fábio Oliveira; 20h30 às 21h30, com Jadeson Luis Vieira
- Smania, das 11h30 às 13h30, com Jacson Araújo
- Padaria da Vila II, 12h15 às 13h15, com Jadeson Luis Vieira; 17h30 às 18h30, com Hilda Natume
- Casa do Capitão (Rua Saguaçu, 212), 11h30 às 13h30, com Jean Carlos Sabotovicz
- Enxovais D´Oro, 16h às 18h, com Jacson Araújo
- Giuseppe Pizzeria (Rua Otto Boehm, 604), 20h às 22h, Edilson Forte

Sexta, 20
- Santa Mistura, 12h30 às 13h30, com Jacson Araújo, e 20h30 às 21h30, com Sarah Bahr Pessôa
- Smania, das 11h30 às 13h30, com Jessica Ladorucki e Sarah Bahr Pessôa
- Padaria da Vila II, 12h15 às 13h15, com Sarah Bahr Pessôa; e 17h30 às 18h30, com Jessica Ladorucki
- Enxovais D´Oro, 16h às 18h,com Edilson Graciano
- O Sebo Livraria (Rua João Colin, 572), 16h às 18h, com Sarah Bahr Pessôa
- Doce Beijo Café L´Artiste, 12h às 14h, com Edilson Forte
- Casa do Capitão, 11h30 às 13h30, com Jadeson Luis Vieira
- Giuseppe Pizzeria, 20h às 22h, com Edilson Forte

Sábado, 21
- O Sebo Livraria, 10h às 12h, com Jadeson Luis Vieira
- Santa Mistura, 12h30 às 13h30 e 20h30 às 21h30, com Jessica Ladorucki
- Smania, das 11h30 às 13h30, com Fábio Oliveira
- Padaria da Vila II, 10h às 11h, com Cláudia Ferreira; e 17h30 às 18h30, com Felipe Krelling
- Enxovais D´Oro, 11h30 às 13h30, com Jean Carlos Sabotovicz
- Doce Beijo Café L´Artiste, 12h às 14h, com Nilza Backes
- Casa do Capitão, 11h30 às 13h30, com Gênesis Duarte Silva
- Giuseppe Pizzeria, 20h às 22h, com Fábio Oliveira

Domingo, 22
- Santa Mistura, 12h30 às 13h30, com Jessica Ladorucki
- Doce Beijo Café L´Artiste, 16h às 18h, com Fábio Oliveira
- Casa do Capitão, 11h30 às 13h30, com Nilza Backes

14ago

Pianístico 2019 distribui primeiro lote de ingressos a partir do dia 16 de agosto

A organização do Pianístico 2019 confirma: inicia-se no dia 16 de agosto a distribuição de ingressos para os espetáculos do festival, que ocorre no período de 19 a 22 de setembro. O primeiro lote estará disponível a partir da 0h pelo site.

Com o desafio de transformar Joinville na capital do piano, o evento mescla concertos e atividades didáticas, reunindo nomes internacionais, nacionais e locais. Serão quase 20 apresentações. A abertura oficial, no dia 19, às 20h, terá duo dos pianistas Gilson Peranzzetta e Leandro Braga.

O Pianístico 2019 também traz a Joinville pianistas de países como Estados Unidos, Ucrânia, China e Alemanha. A programação completa está no site do festival.