Menu

Blog

Arquivo da Categoria  Notícias

18out

No Dia Mundial do Coração, cardiologista alerta para os perigos da hipertensão

Em torno de 17,5 milhões de pessoas morrem anualmente vítimas de doenças cardiovasculares, que é a principal causa de morte no planeta, segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS). Com o objetivo de trazer atenção para a doença e promover medidas preventivas, a Federação Mundial do Coração (WHF) criou, em 2000, o Dia Mundial do Coração (WHD), celebrado no dia 29 de setembro. “Hipertensão arterial é a doença cardiovascular mais prevalente”, alerta o cardiologista Nelson Collares, do Hospital Dona Helena. Trata-se de uma doença crônica e responsável por 80% dos casos de AVC, mas também se mostra um agravante em quadros de enfarte, aneurisma arterial ou mesmo insuficiência renal. Sintomas como tontura, falta de ar, dor de cabeça, visão embaçada ou sangramento nasal podem ser indicadores de pressão arterial elevada, embora os sintomas costumem demorar para aparecer. No Brasil, em torno de 25% da população é diagnosticada com hipertensão, de acordo com dados colhidos pela Vigitel, que é o Sistema de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico.

Sobre o grupo em que as doenças cardiovasculares, como a hipertensão, são mais comuns, Nelson Collares explica que a prevalência se dá no paciente idoso. Sob a mesma estatística da Vigitel, considera-se que, desses 25%, cerca de 85% dos hipertensos começam a manifestar a doença entre 45 e 60 anos”. Existem outros fatores que atuam no desenvolvimento da pressão arterial, como explica o médico: “Os hábitos também são relevantes não só para a precocidade da doença, como também a gravidade. Alguns fatores são bem identificáveis: obesidade, tabagismo, ansiedade, alto consumo de sal e álcool, e aspectos genéticos ou raciais”.

Acerca das principais causas de hipertensão, o cardiologista diz que “indiscutivelmente não só no Brasil (principalmente na Região Sul), mas também nas populações do primeiro mundo, particularmente os EUA, a obesidade tem sido apontada como principal vilão, ao ponto de algumas seguradoras já fazerem discriminação nos seus sinistros de acordo com a superfície corpórea do indivíduo”. O problema da hipertensão tem se alastrado, com índices mundiais sinalizando um aumento dessa condição. O cardiologista, entretanto, explica: “As doenças cardiovasculares têm aumentado, muito em decorrência do aumento de sobrevida da nossa população de idosos”, pondera, sinalizando que as medidas de combate a esse tipo de doença estão cada vez mais eficientes, mas o perigo de apresentar uma doença cardiovascular é cada vez maior conforme o ser humano envelhece.

16set

Pianos por toda parte

Durante o Pianístico 2019, evento que vai movimentar Joinville, de 19 a 22 de setembro, várias apresentações em locais alternativos estão programadas. Livrarias, lojas, bares, restaurantes e cafés disponibilizam a seus públicos apresentações de piano de diversos estilos e técnicas, mostrando aos joinvilenses e visitantes o melhor da chamada “prata da casa”.

As apresentações começam já na véspera, dia 18, com shows nos restaurantes Santa Mistura e Smania, na loja Enxovais D´Ouro e Padaria da Vila. O músico Edilson Graciano Forte, o Tatu, abre a programação do restaurante Smania, às 11h30. Às 12h15, na Padaria da Vila, acontece a apresentação da pianista Hilda Natume. Às 16h, Jadeson Luis Vieira inicia sua participação no evento, tocando na loja Enxovais D´Ouro. À noite, o músico se apresenta no restaurante Santa Mistura, às 20h30.

Durante todo o evento, também os pianistas Sarah Bahr Pessôa, Fábio Oliveira, Jackson Araújo, Jéssica Ladorucki, Claudia Uliano Ferreira, Felipe Krelling, Jean Carlos Sabotovicz, Nilza Merlim Backes e Genesis Duarte de Oliveira Silva se revezam nas apresentações, em locais diversos como a Livraria o Sebo, café L´Artiste (Doce Beijo), Padaria da Vila, restaurantes Casa do Capitão, Giuseppe, Santa Mistura e Smania.

“Ter o Pianístico na Casa do Capitão será realmente um presente para todos nós”, diz o empresário José Lopes, proprietário do restaurante. Ele lembra que sua trajetória à frente de dois empreendimentos – ele é dono também do bar Capitão Space – sempre foi marcada pelo apoio e engajamento em arte e cultura. “Sabemos que nem todos poderão participar das apresentações no teatro. Então, para aqueles que, na correria do dia a dia, não conseguiram colocar o Pianístico em suas agendas, aqui há a chance de desfrutar deste lindo momento, na hora do almoço. Fazer parte do Pianístico nos enche de orgulho.”

Confira a programação completa:

Quarta, 18
- Smania Restaurante (Rua dos Ginásticos, 96), 11h30 às 13h30, com Edilson Forte
- Padaria da Vila II (Rua Alexandre Döhler, 56), 12h15 às 13h15, com Hilda Natume; 17h30 às 18h30, com Fábio Oliveira
- Enxovais D´Oro (Rua 15 de Novembro, 1148), 16h às 18h, com Jadeson Luis Vieira
- Restaurante Santa Mistura (Rua Otto Boehm, 648), 20h30 às 21h30, com Jadeson Luis Vieira

Quinta, 19
- Doce Beijo Café L´Artiste (Instituto Juarez Machado, Rua Lages, 994), 12h às 14h, com Edilson Forte
- Santa Mistura, 12h30 às 13h30, com Fábio Oliveira; 20h30 às 21h30, com Jadeson Luis Vieira
- Smania, das 11h30 às 13h30, com Jacson Araújo
- Padaria da Vila II, 12h15 às 13h15, com Jadeson Luis Vieira; 17h30 às 18h30, com Hilda Natume
- Casa do Capitão (Rua Saguaçu, 212), 11h30 às 13h30, com Jean Carlos Sabotovicz
- Enxovais D´Oro, 16h às 18h, com Jacson Araújo
- Giuseppe Pizzeria (Rua Otto Boehm, 604), 20h às 22h, Edilson Forte

Sexta, 20
- Santa Mistura, 12h30 às 13h30, com Jacson Araújo, e 20h30 às 21h30, com Sarah Bahr Pessôa
- Smania, das 11h30 às 13h30, com Jessica Ladorucki e Sarah Bahr Pessôa
- Padaria da Vila II, 12h15 às 13h15, com Sarah Bahr Pessôa; e 17h30 às 18h30, com Jessica Ladorucki
- Enxovais D´Oro, 16h às 18h,com Edilson Graciano
- O Sebo Livraria (Rua João Colin, 572), 16h às 18h, com Sarah Bahr Pessôa
- Doce Beijo Café L´Artiste, 12h às 14h, com Edilson Forte
- Casa do Capitão, 11h30 às 13h30, com Jadeson Luis Vieira
- Giuseppe Pizzeria, 20h às 22h, com Edilson Forte

Sábado, 21
- O Sebo Livraria, 10h às 12h, com Jadeson Luis Vieira
- Santa Mistura, 12h30 às 13h30 e 20h30 às 21h30, com Jessica Ladorucki
- Smania, das 11h30 às 13h30, com Fábio Oliveira
- Padaria da Vila II, 10h às 11h, com Cláudia Ferreira; e 17h30 às 18h30, com Felipe Krelling
- Enxovais D´Oro, 11h30 às 13h30, com Jean Carlos Sabotovicz
- Doce Beijo Café L´Artiste, 12h às 14h, com Nilza Backes
- Casa do Capitão, 11h30 às 13h30, com Gênesis Duarte Silva
- Giuseppe Pizzeria, 20h às 22h, com Fábio Oliveira

Domingo, 22
- Santa Mistura, 12h30 às 13h30, com Jessica Ladorucki
- Doce Beijo Café L´Artiste, 16h às 18h, com Fábio Oliveira
- Casa do Capitão, 11h30 às 13h30, com Nilza Backes

14ago

Pianístico 2019 distribui primeiro lote de ingressos a partir do dia 16 de agosto

A organização do Pianístico 2019 confirma: inicia-se no dia 16 de agosto a distribuição de ingressos para os espetáculos do festival, que ocorre no período de 19 a 22 de setembro. O primeiro lote estará disponível a partir da 0h pelo site.

Com o desafio de transformar Joinville na capital do piano, o evento mescla concertos e atividades didáticas, reunindo nomes internacionais, nacionais e locais. Serão quase 20 apresentações. A abertura oficial, no dia 19, às 20h, terá duo dos pianistas Gilson Peranzzetta e Leandro Braga.

O Pianístico 2019 também traz a Joinville pianistas de países como Estados Unidos, Ucrânia, China e Alemanha. A programação completa está no site do festival.

29jul

Equipe de jornalistas lança nova revista em Joinville

Francisca vai circular mensalmente, com reportagens e entrevistas sobre temas como empreendedorismo, inovação, cultura e lazer

Em agosto, Joinville ganha uma nova publicação jornalística. A Revista Francisca, idealizada por uma equipe de sete experientes profissionais, com atuação em veículos, agências e corporações locais, vai trazer reportagens, artigos e entrevistas sobre pautas de interesse do joinvilense. No foco, áreas como empreendedorismo, economia e negócios, inovação, comportamento, cultura e lazer, sempre sob a ótica de quem vive na maior cidade do Estado. Com tiragem inicial de 3 mil exemplares e estimativa de 36 páginas, a revista terá sua versão impressa como carro-chefe, de maneira a que seu conteúdo circule, literalmente, de mão em mão entre os leitores, mas também apresentará edições nas principais plataformas digitais.

O nome Francisca, que faz natural referência à princesa, também sinaliza o perfil editorial da revista, com um jornalismo humanizado e atento aos interesses e demandas das pessoas. A publicação será distribuída gratuitamente e estará disponível em pontos de grande circulação, como clínicas médicas, hospitais, cafés, lojas de conveniência e hotéis.

Já na primeira fase, o projeto conta com apoiadores de expressão em várias frentes, caso das empresas Joinvix e Rankr, para suas edições digitais, Gráfica Volpato na produção da revista impressa e Casa 97, onde os empreendedores recebem convidados para o evento de lançamento.

Os responsáveis pela revista são os jornalistas Ana Ribas Diefenthaeler, Cristiane Schmitz, Fábio Abreu, Guilherme Diefenthaeler, Jean Balbinotti, Jociane Nascimento e Rubens Herbst.

Contatos com a revista pelos e-mais comercial@revistafrancisca.com.br e redacao@revistafrancisca.com.br.

 

06jun

Artrite: inflamação da articulação pode ter causas diversas

A inflamação de uma articulação, a denominada artrite, pode ser ocasionada por diversos fatores. Quem explica é Emílio Weingraber, médico reumatologista que integra o corpo clínico do Hospital Dona Helena, localizado em Joinville (SC). “Entre eles, estão trauma (como bater o joelho em uma queda, por exemplo), infecções por bactérias, vírus e fungos, alguns tipos de câncer e doenças reumatológicas (como artrite reumatoide, artrite psoriática, espondiloartrites, gota, lúpus, entre outras)”, aponta o médico, que ministrou, no final de maio,  uma palestra sobre o tema em reunião clínica do hospital.

Segundo o especialista, em geral, o paciente com artrite sente inchaço, dor e dificuldade para movimentar as articulações acometidas. Dependendo da causa, pode também ocorrer aumento da temperatura e vermelhidão. “Artrites causadas por infecções bacterianas e algumas doenças reumatológicas podem ocasionar deformidades irreversíveis nas articulações acometidas. A maioria das doenças reumatológicas que causa artrite também aumenta o risco de infarto e AVC”, adverte.

Os fatores de riscos também são diversos. “Depende da doença que a estiver causando. Por exemplo, pacientes fumantes e com problemas dentários têm uma chance maior de desenvolver um quadro de artrite reumatoide mais grave”, explica Emílio. A artrite reumatoide é uma doença de origem autoimune marcada pela destruição progressiva de uma membrana que recobre as articulações. Estima-se que 2 milhões de brasileiros sejam afetados por essa condição.

O diagnóstico da artrite é feito somente com o exame físico realizado pelo médico. Para definir a causa, o profissional pode pedir diversos exames de sangue e de imagem. A prevenção e tratamento dependem do que a ocasiona. “Câncer e infecções podem ser prevenidos com hábitos alimentares saudáveis, exercícios, evitar cigarro, bebidas e drogas e uso de preservativo nas relações sexuais”, evidencia o reumatologista. “Já o tratamento para artrite pode variar de antibióticos para infecções bacterianas até medicamentos imunossupressores em doenças reumatológicas. Algumas causas, como as infecções virais, bacterianas e câncer podem ter cura. Nos demais casos, o tratamento tem por objetivo controlar a inflamação e evitar deformidades no futuro.”